Há alguns anos passei por período difícil na minha vida (contei um pouco no meu último texto) e minha instrutora de yoga na época enviou para seus alunos um texto maravilhoso sobre as 4 Leis da Espiritualidade ensinadas na Índia.

Eu que não tinha nenhum conhecimento sobre o tema, fiquei encantada ao perceber que aquilo eu poderia aplicar em todos os acontecimentos da minha vida. Tudo aquilo passou a fazer mais sentido e hoje levo essas Leis comigo, pois me ajuda a ter uma vida mais leve e tranquila. Gostaria de compartilhar com vocês:

A primeira lei diz: “A pessoa que vem é a pessoa certa”

Ninguém aparece em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas estão interagindo de alguma forma com a gente. Não importa o que aconteça, cada um que entra em nossa vida está ali por alguma razão, para nos fazer crescer, aprender e evoluir! Observe as pessoas do seu passado: alguma lição ela te ensinou, seja boa ou ruim talvez você não perceba, mas com certeza algo foi modificado em você.

A segunda lei diz: “Aquilo que aconteceu foi a única coisa que poderia ter acontecido”

Nada, absolutamente nada do que aconteceu em nossas vidas poderia ter acontecido de outra forma. Não existe: “Ah, se eu tivesse agido de outro jeito…”. Não! De acordo com as Leis Indianas da Espiritualidade, mesmo que você tivesse optado por outro caminho, os acontecimentos teriam sido os mesmos, independente da decisão tomada. Todas as situações que nos acontecem são perfeitas e aconteceram dessa forma para aprendermos alguma lição e seguirmos em frente.

A terceira lei diz: “Quando alguma coisa se inicia, é o momento certo”

Se algo começou na sua vida, mesmo que você ache que não estava preparado para isso, esteja confiante de que é aquilo que você precisa naquele momento. A mesma coisa, se algo demora a acontecer e vivemos na ansiedade de que aconteça, pode ter certeza de que ainda não é o momento certo para isso.  Tudo acontece no momento certo e o Universo cuidará para que isso chegue até você quando for a hora.

A quarta e última lei diz: “Quando alguma coisa termina, termina”

Se algo acabou, tenha certeza de que já cumpriu o papel devido na sua vida, que já te ensinou o que era preciso ensinar para a sua evolução e não adianta lamentar o final. Aprenda, liberte-se e cresça! A mesma coisa, se algo não acabou ainda é porque tem algo para te ensinar. Esteja seguro de que quando for o momento certo, o Universo se encarregará de tirar isso da sua vida.

Eu poderia lhes dizer que com esse texto você aprenderá a enfrentar todas as adversidades na sua vida, mas prefiro que você descubra por si mesmo, imaginando as situações em que você se perguntou “Por que isso está acontecendo comigo?” ou “Por que essa pessoa ou coisa se foi?” e veja o quanto isso faz sentido para você. Estou certa de que ao encarar a vida dessa forma, mais cedo ou mais tarde você se sentirá mais tolerante, seguro de si e definitivamente mais leve e feliz, pois tendo em mente essas leis, ficamos mais confiantes de que fazemos parte de um todo Maior.

Se você gostou, compartilhe e faça com que seus amigos também descubram como superar os momentos de dificuldades.

Namastê