A Nadi Shodhana – Respiração Alternada é uma técnica de respiração descrita nas escrituras antigas do Yoga Clássico. Ela pode ser praticada por qualquer pessoa, sem contraindicação.

Ao praticar a respiração alternada, os canais energéticos possivelmente bloqueados são limpos e liberados, pois atua diretamente no corpo sutil.

A respiração pela narina esquerda, desperta a energia lunar, que é tranquilizante. A respiração pela narina direita estimula a energia solar, energizante.

Por isso, ao alternar a respiração você equilibra o sistema energético.

Seus benefícios são muitos: equilibra os hemisférios direito e esquerdo do cérebro, deixando estabilizados o lado emocional e o lado lógico, controla a ansiedade, acalma a mente, alivia o fluxo de pensamentos, alivia a fadiga física, diminui o ritmo cardíaco, reduz o stress e prepara para a meditação.

Existem vários níveis dessa técnica, por ora irei apresentar a forma mais básica para ser praticada todos os dias:

1. Sente-se confortavelmente.

Mantendo a coluna ereta.

2. Descanse a mão direita sobre o joelho esquerdo.

Pode deixa-la virada para baixo, repousando ou com a palma aberta em direção ao céu ou em Chin Mudra: polegar e dedo indicador unidos).

3. Apoie o dedo indicador e o dedo médio da mão direita entre as sobrancelhas.

Sem pressionar forte.

4. Usaremos o dedo anelar para fechar a narina esquerda e o polegar para fechar a direita.

5. Antes de começar!

Esvazie todo o ar residual do pulmão e posicione as mãos.

6. Aperte a narina direita com seu polegar para fechá-la, e inspire pela narina esquerda.

7. Feche a narina esquerda.

8. Mantenha o ar por poucos segundos e solte a narina direita.

9. Libere o ar pela narina direita.

10. Agora pela mesma narina que liberou o ar (a direita), você inspira por ela e faz o caminho inverso: tampa a direita, solta a esquerda e o ar é expelido pela esquerda.

Pronto! Você completou um ciclo. Continue por alguns minutos.

Importante:

No começo, você pode fazer nove ciclos completos, até se acostumar. Depois vá aumentando gradativamente e faça por quantos minutos desejar.

É importante finalizar a técnica sempre soltando o ar pela narina esquerda, que foi por onde tudo começou, para fechar o ciclo completo.

Mantenha os olhos fechados durante todo o pranayama (exercício de respiração).

Para ficar mais fácil de lembrar quando trocar de narina: sempre alterne quando os pulmões estiverem cheios, nunca vazios.

Quando terminar, observe-se por alguns instantes. Perceba como fica a respiração e observe sua mente mais serena. Se desejar, esse é o momento ideal para meditar por alguns minutos.

Namastê.

Deixe uma resposta